ChancelariaOuvidoriaUniversidadeWebmail
Imprimir a página Procura no Site Mapa do Site
Selecione a unidade:
Matrícula:
Senha:

Pedagogia - Matriz Curricular

Corpo e Movimento na Educação

Código:

 

Carga Horária:

3 horas

Teoria:

 

Prática:

 

Etapa:

7ª Etapa

Objetivos:

• Conhecimentos:

Identificar, discutir e analisar os Referenciais Curriculares para a Educação Infantil.

Adquirir noções básicas sobre o desenvolvimento motor, história da evolução educação física em relação aos conteúdos e métodos de ensino.

• Habilidades:

Selecionar, analisar, elaborar e aplicar atividades que estimulem o movimento, adequadas às características e necessidades das crianças.

• Atitudes:

Valorizar o movimento humano como elemento indispensável na formação integral das crianças, ou seja, no seu desenvolvimento motor, físico, cognitivo e sócio - afetivo

Respeitar as diversas opiniões manifestando-se de maneira crítica porém respeitosa.

Ementa:

A disciplina pretende apresentar e analisar o processo de construção dos elementos da cultura corporal (jogo, dança, luta e ginástica), tomando como eixo condutor o componente lúdico presente na infância.

Metodologia:

O conteúdo programático será assim desenvolvido:

• Aulas expositivas e dialogadas: serão ministradas de forma a possibilitar a organização e síntese dos conhecimentos das respectivas Unidades Temáticas bem como discussão das experiências com o estágio.

• Leituras recomendadas e elaboração de textos em aula: serão indicadas com a finalidade de proporcionar ao graduando oportunidades para (a) consulta de uma bibliografia específica relacionada com a disciplina e (b) desenvolvimento das suas capacidades de análise, síntese e crítica.

• Reflexão sobra as vivências motoras: serão oferecidas para que os graduandos experimentem a prática das atividades específicas  da disciplina e seu grau de complexidade, assim como para problematizar sua aprendizagem.

• Prática da intervenção orientada: momento no qual os graduandos são responsáveis pela organização de atividades, com os colegas e/ou com a comunidade, experimentando as etapas de: a) diagnóstico das características do público alvo, b) de planejamento da atividade (definição de objetivos, conteúdos, metodologias e avaliação), c) de aplicação da mesma e d) avaliação de todo processo.

Recursos audiovisuais: para viabilizar o aprendizado serão utilizados diapositivos, transparências, textos jornalísticos, filmes, fitas de vídeo, músicas, etc.

Conteúdo Programático:

Unidade Temática 1: Histórico e abordagens em Educação Física para a Educação Infantil e o Ensino Fundamental.

• Dimensão Conceitual: Compreensão dos conceitos e pressupostos de cada abordagem.

• Procedimental: Analisar criticar e utilizar a abordagem mais adequada ao objetivo proposto.

• Dimensão Atitudinal: Valorização da importância da da criticidade, autonomia e desenvolvimento motor para o desenvolvimento integral da criança.

Unidade Temática 2: A criança e o movimento: possibilidades no Referencial Curricular.

• Dimensão Conceitual: Identificação e compreensão dos conceitos básicos referentes ao movimento contidos no Referencial Curricular.

• Dimensão Procedimental: Análise e discussão dos conceitos relacionando com as possibilidades de atividades.

• Dimensão Atitudinal: Valorização da importância do movimento no desenvolvimento integral da criança, respeitando suas individualidades.

Unidade Temática 3: Seleção de conteúdos e elaboração de atividades adequadas a cada faixa etária e contexto.

• Dimensão Conceitual: Identificação dos conteúdos e metodologias mais adequadas a esta população.

• Dimensão Procedimental: Seleção dos conteúdos mais adequados a esta população; elaboração, aplicação e análise das atividades propostas.

• Dimensão Atitudinal: Valorização do respeito às característica desta população no planejamento de atividades.

Unidade Temática 4: Desenvolvimento motor e sua aplicação em atividades para a Educação Infantil e Ensino Fundamental

• Dimensão Conceitual: Identificação e compreensão das características e possibilidades motoras de cada faixa etária.

• Dimensão Procedimental: Análise e discussão das características dos alunos .

Dimensão Atitudinal: Valorização e respeito às características dos alunos.

Critério de Avaliação

· A avaliação será realizada da segiunte forma:

· Nota 1 - Atividades (0-3 pontos)

· Produção de texto sobre o papel do movimento na aprendizagem, elaboração dos planos de aula, atividades práticas, atividades no moodle, etc.

· Nota 2 - Prova parcial (0-3 pontos)

· Avaliações escritas, parcial e final para averiguar a compreensão, aprendizagem, reflexão e capacidade de síntese dos conhecimentos adquiridos na disciplina.

· Nota 3 - Prova Final (0-4 pontos)

· Avaliações escritas, parcial e final para averiguar a compreensão, aprendizagem, reflexão e capacidade de síntese dos conhecimentos adquiridos na disciplina.

Mensuração

Nota 1 + Nota 2 + Nota 3  = Média Final



Bibliografia:

Bibliografia Básica:

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil. – Brasília: MEC/SEF, 1998 (3v, 15-45)

RODRIGUEZ, C. G. Educação Física Infantil - Motricidade de 1 a 6 anos. São Paulo: Phorte Editora, 2004. ISBN: 85-76550-05-9

MATTOS, M. G. e NEIRA, M. G. Educação Física Infantil: Construindo o Movimento na Escola. São Paulo: Phorte Editora, 2005. ISBN: 85-7655-025-3

MATTOS, M. G. e NEIRA, M. G. Educação Física Infantil: inter-relações: movimento, leitura e escrita. São Paulo

BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

A CRISE DOS SETE ANOS. Folha de São Paulo, Revista da Folha, 24 out.2004.

ALVES, R. Pegar para ver. Folha de São Paulo, Sinapse, 28 jun. 2005.

ALVES, R. É brincando que se aprende. Folha de São Paulo, Sinapse, 7 dez 2005.

AYOUB, E. Reflexões sobre a Educação Física na Educação Infantil. Revista Paulista de Educação Física. São Paulo, supl. 4, p. 53-60, 2001.

BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Educação Física.  Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1997.

CAVALCANTE, M. Aparências diferentes? Talentos também. Revista Escola, Junho/Julho 2004.

FREIRE, J. B. Educação de corpo inteiro: Teoria e Prática da Educação Física. Editora Scipione, 2006. ISBN: 85-262-1478

LEVIN, E. O corpo ajuda o aluno a aprender. Revista Escola, Jan e Fev 2005.

MOREIRA, W. W.  Educação Física na escola de 1º grau – 1ª a 4ª séries. Revista Brasileira de Ciências do Esporte. 7(2), 75-79, 1986.

OLIVEIRA, A A B de. O analfabetismo motor ameaça nossas crianças. Revista do CONFEF, 2004.

PAGANI, T. S. As brincadeiras de rua na escola. Folha de São Paulo, Equilíbrio, 25 março 2004.

TANI, G et al. Educação Física escolar: fundamentos de uma abordagem desenvolvimentista. São Paulo EPU: Editora da Universidade de São Paulo, 1988.