Imprimir a página Procura no Site Mapa do Site
Selecione a unidade:
Matrícula:
Senha:

Cursos Oferecidos

Leitura Dinâmica



Serviço de Orientação Psicopedagógica ao Estudante de Direito



Universidade Presbiteriana Mackenzie - Campus São Paulo


Regulamento do Serviço de Orientação Psicopedagógica para Estudantes de Direito – SOPED.

I. Definição e Fins

Art. 1º - O Serviço de Orientação Psicopedagógica para Estudantes de Direito – SOPED, é atividade de apoio ao discente, vinculada à Faculdade de Direito da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Art. 2º - O Serviço de Orientação Psicopedagógica para Estudantes de Direito – SOPED, tem, entre outros, os seguintes fins:

I- Atuação Preventiva: cursos Capacitação Discente para desenvolver técnicas de estudo; despertar, estimular ou recuperar a motivação do acadêmico; promover o relacionamento interpessoal e auxiliar na redução do estresse em provas e concursos;

II- Atuação Restaurativa: intervir nas dificuldades advindas ao longo do curso, seja na orientação didático-pedagógica, na relação professor-aluno, nas relações interpessoais entre colegas, em questões emocionais que interferem no processo ensino-aprendizagem.

II. Estrutura e Funcionamento

Art. 3º - O SOPED conta com um Psicólogo Educacional, vinculado à Faculdade de Direito, sob a supervisão da Assessoria Educacional da Direção;

Art. 4º - Cumpre ao Psicólogo responsável pelo SOPED, entre outras atribuições :

I-  Organizar cursos de Capacitação promovendo o desenvolvimento de estudantes de Direito como pessoa, estimulando seus projetos de vida com assessoria vocacional na escolha da carreira jurídica;

II- Colaborar com os professores na solução de conflitos e problemas de aprendizagem;

III- Investigar as necessidades discentes por meio de questionários, entrevistas e demais formas de coleta de dados, sugerindo ações de apoio psicopedagógico;

IV- Contribuir para o bem-estar do estudante com a estimulação de estilos de vida saudável;

V- Identificar problemas que interfiram na aprendizagem de disciplinas com alto índice de reprovação;

VI- Programar procedimentos de ordem psicopedagógica que integrem discentes e docentes;

VII- Realizar sessões de dinâmica de grupos com vistas de desenvolvimento de habilidades de relacionamento interpessoal;

VIII- Apoiar os estudantes que apresentam necessidades especiais;

IX- Desenvolver ações compartilhadas com os docentes para favorecimento de condições técnico-pedagógicas e de estratégias de acessibilidade do conhecimento científico;

X- Realizar sessões de aconselhamento individual, visando à integração acadêmica;

XI- Desenvolver projetos com vistas à gestão de pessoas e de liderança.

III. Dos Deveres do Psicólogo Responsável do SOPED

Art. 5º - Cumpre ao Psicólogo Responsável pelo SOPED entre outras atribuições:

I- Executar projetos de Capacitação na esfera da Graduação e da Pós-Graduação;

II- Cumprir Plantões de Atendimento nos horários fixados no calendário da Faculdade, um preenchimento de Ficha de Atendimento que deve ser arquivada em pasta de controle próprio para esse fim;

III- Apresentar relatórios mensais para a Assessoria Educacional, constando, obrigatoriamente, os itens seguintes:

a) número de atendimentos;

b) dados estatísticos sobre o perfil do estudante que busca o apoio do SOPED, destacando, entre outros aspectos : sexo, faixa etária, etapa e período do curso, natureza da dificuldade e interesses não vinculados a problemas de ensino – aprendizagem;

c) Resultados concretos do atendimento ao estudante de Direito.

IV- Construir projetos de responsabilidade social, assessorando discentes para ações extensionistas de apoio à comunidade;

V- Cumprir determinações da Direção e da Assessoria Educacional.

Art. 6º- Revogam-se as disposições em contrário, especialmente as constantes do Regulamento do Serviço de Orientação Psicopedagógica para Estudantes de Direito (SOPED), publicado em 05 de Dezembro de 2002.

Art. 7º- este Regulamento entra em vigor a partir de sua publicação.

São Paulo, 18 de Fevereiro de 2008

Nuncio Theophilo Neto

Diretor da Faculdade de Direito 


Áreas do Apoio Psicopedagógico

Visão

 Ser reconhecido por agir em conformidade com os valores éticos cristãos, bem como com os demais parâmetros Filosóficos e educacionais da UPM e da Faculdade de Direito, para auxliar o estudante de Ciências Jurídicas a conseguir um maior grau de sucesso acadêmico, bem-estar e realização pessoal. Tudo isto contribuindo para sua formação integral, como cidadão e profissional das carreiras do Direito.

Missão

Criar condições psicopedagógicas adequadas ao desenvolvimento das potencialidades humanas referentes às diferentes áreas jurídicas, através de diversas ações pedagógicas e educacionais, favorecendo ao aluno de Direito, o exercício pleno da cidadania, num ambiente caracterizado pela fé cristã reformada.

Objetivos

§  Planejar e executar cursos e outras atividades pedagógicas de capacitação, para os estudantes de Direito.

§  Dar atendimento individualizado a estes alunos, auxiliando-os na adaptação e desenvolvimento acadêmico.

§  Efetuar pesquisas no campo da psicologia educacional, buscando conhecer o perfil do aluno de Ciências Jurídicas, da Faculdade de Direito da UPM.

§  Transmitir informações de natureza psicopedagógica à direção, professores, alunos e demais profissionais da educação da Faculdade de Direito, sempre que necessário.

§  Propor ações educacionais e pedagógicas para o curso de Formação Jurídica, dentro de sua área de atuação.

§  Levantar junto aos professores da Faculdade de Direito, as características esperadas do profissional desta área, para atender as demandas da sociedade.

 

Ementa

Motivação. Técnicas de estudo. Controle do estresse. Aconselhamento educacional aos alunos. Consultoria técnica aos profissionais da educação. Pesquisa psicopedagógica. Transmissão de informações educacionais.

Estratégias Metodológicas

Aulas expositivas, dinâmica de grupo, entrevistas, avaliações longitudinais e  transversais dos cursos ministrados, e métodos e técnicas de pesquisa em  psicologia aplicadas ao ambiente jurídico.